Sou Enfermagem

  • Cópia de Cópia de Cópia de Letícia Chagas da Silva (2).jpg
  • Cópia de Cópia de Cópia de Letícia Chagas da Silva (3).jpg

Autor: Sou Enfermagem Em: 23/06/2019

Teorias da conspiração contra a vacina no YouTube Brasil

A desconfiança sobre a ação das vacinas existe desde as primeiras vacinas até a era moderna.

As suspeitas no passado eram relacionadas com a religião e com a percepção de que as vacinas eram anti-higiênicas ou à sensação de restrição à liberdade de escolha.

A Revolta da Vacina de 1904 que aconteceu no Rio de Janeiro surgiu paralelamente à campanha obrigatória de vacina contra a varíola que foi implementada na época pelo epidemiologista e sanitarista Oswaldo Cruz que viu a necessidade de vacinar toda a população contra a calamidade pública da época.

No século 19 (um pouco antes de Oswaldo Cruz) surgiu no Reino Unido as chamadas ligas antivacinas que pressionavam por medidas alternativas de controle de doenças, como o isolamento de pacientes, tudo isso para não serem vacinados. Já em 1870 esse movimento se espalhou aos EUA após a visita do ativista britânico antivacina William Tebb e consequentemente ganhou vários adeptos em todo o mundo.

Vídeos sobre a teoria da conspiração da Vacina no YouTube

Nos dias atuais, as suspeitas contra a vacina deixaram de ser primordialmente por causa da religião e passou a ser tema de teoria da conspiração que se originou nos Estados Unidos e ganhou repercussão no Brasil através de vários vídeos no YouTube.

Em um desses vídeos no YouTube, temos o vídeo do fotógrafo Ton Müller afirmando que a vacinação provoca eugenia controlada ou uma eugenia pacífica. Por e-mail enviado à BBC, ele diz que seu canal é um hobby de pesquisa relacionada a conspirações e ainda firma que em nenhum momento empregamos como total verdade tudo o que é mostrado, mas sim uma forma de instigar as pessoas a pesquisar sobre cada assunto."

Já em um outro canal, temos um rapaz apresentando mais teorias da conspiração da vacina e que estão ligadas com o Bill Gates. Em um certo momento ele usa o vídeo do Dr Lair Ribeiro como referência. 

Segundo dados da reportagem da BBC News Brasil, ela contactou 11 dos 13 youtubers que promovem vídeos contra a vacina. A reportagem afirma que não conseguiu o contato dos outros dois. BBC News Brasi disse que as respostas variam dizendo que: alguns argumentaram contra as vacinas, um negou que tivesse subido o vídeo no YouTube e retirou o vídeo do ar, e um autor disse não ter "compromisso com a verdade".

Muitas pessoas que acreditam e divulgam a teoria da conspiração das vacinas usam um  certo vídeo da fala de Bill Gates em que ele fala da redução  da população mundial que será feita com a ajuda das vacinas, mas essa teoria já foi desmentida e foi explicada por meio de vários meios de comunicação.

É verdade que a fundação de Bill Gates investe em vacinas mas com objetivo de salvar vidas de crianças e não de matar por meio da vacinação.  

O que YouTube tem falado?

Em janeiro deste ano, o YouTube anunciou que a plataforma irá reduzir a recomendação de vídeos no limite de violação de seus termos de uso nos Estados Unidos, citando, em nota e como exemplo, vídeos com "falsas curas milagrosas para doenças graves", vídeos "alegando que a terra é plana" ou vídeos "com alegações falsas sobre eventos históricos como o 11 de Setembro".

Isso inclui alguns tipos de vídeos antivacina. Mas essa mudança ainda não chegou ao Brasil - deve ser aplicada no país no fim de 2019.

O YouTube disse que: Graças a essas mudanças, o número de visualizações resultantes de recomendações desse tipo de conteúdo caiu mais de 50% nos EUA. Nosso sistema está ficando cada vez mais bem treinado para reconhecer vídeos que mereçam esse tratamento, e com o tempo poderemos tomar essas medidas com mais e mais conteúdo duvidoso.

Comentários dos internautas

Disse um internauta: "Vacinas são venenos, deveriam dizer também das pessoas que tomaram essa porcaria e morreram e outras ficaram tortas.vão enganar outro."

Replicou um outro internauta: Pois é... não sou contra a vacinação, mas meu amigo vacinou sua filha contra HPV e resultou em uma doença que derrubam suas plaquetas sanguíneas. Ela já foi internada inúmeras vezes... nem tudo é teoria da conspiração.

Fundação Osvaldo Cruz

A Fundação Osvaldo Cruz (fiocruz) já emitiu uma nota dizendo que tudo isso não passa de boatos sem qualquer fundamento e que não há nenhuma conspiração nesse sentido. A vacina usada no Brasil é produzida pela Fiocruz e é certificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com fontes da BBC e FioCruz

Cursos Online: Quer melhorar o seu currículo e se destacar no mercado de trabalho? Então clique aqui e faça um curso online conosco



Deixe o seu comentário

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi