Sou Enfermagem

  • Mulher é torturada em vitrine para expor testes de cosméticos em animais.jpg
  • Centro Cirúrgico (1).jpg



Autor: | Publicado em: 05/04/2015

Mulher é torturada em vitrine para expor testes de cosméticos em animais

Quando se fala nos testes que as indústrias de cosméticos pratica em animais, muita gente vira a cara.

Alguns dizem que é exagero outras replicam na mesma hora ou manda logo um jocoso “oh, que dó, você está com peninha dos animaizinhos fofinhos?”.

O problema é que a verdade é muito mais cruel do que se imagina. Diversas marcas já aboliram esse tipo de teste, mas outras tantas continuam fazendo.

Testes em animais é um assunto extremamente polêmico. Muita gente não liga, ou sabe da situação – mas não quer deixar de usar a marca que gosta por causa disso e, alguns poucos, realmente lutam para que isso acabe.

O problema é que as pessoas não tem noção (eu me incluía nessa) do quão cruel são os testes. Por conta disso, muitas marcas já aboliram os testes em animais – mas a grande maioria continua fazendo.
 
Para conscientizar as pessoas da barbárie que é essa situação, a marca Lush criou um laboratório de experimentação na vitrine de uma de suas lojas em Londres. Mas não, os “testes” não foram feitos com animais, e sim com uma voluntária.

Os líquidos e produtos usados não eram cosméticos de verdade – só que a forma dos testes eram. E chocaram muita gente. Dessa forma, a Lush conseguiu chamar atenção para a causa (e para os seus produtos, claro), com uma instalação que durou aproximadamente 10 horas.

Pra fazer você pensar: vale MESMO a pena você usar aquela maquiagem de marca, ou aquele produto de limpeza que limpa absolutamente tudo, ao custo de enfiar isso no olho ou goela abaixo dos animais?

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi