Sou Enfermagem

Instituto lança campanha de valorização para a enfermagem

Autor: Sou Enfermagem Em: 30/06/2019

Instituto lança campanha de valorização para a enfermagem

A campanha de valorização da enfermagem promovida pelo Instituto Brasileiro Sou Enfermagem é uma chamada de conscientização para todos.

A Enfermagem está sempre presente

Sobre a campanha

Trata-se de um esforço para expressar as vozes, os sentimentos, as aflições, os desafios e anseios da categoria através de pequenos vídeos que podem ser compartilhados. Com o tema "A Enfermagem está sempre presente", o Instituto tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância que o profissional de enfermagem tem na assistência à saúde chamando todos para respeitar e valorizar o profissional. Órgãos e entidades que representam a categoria também são convidadas a participar da campanha uma vez que eles são os responsáveis direto da categoria.

Dados sobre a atuação da enfermagem

O Enfermeiro Renato Silva Neto é o Coordenador da Campanha e diz que a enfermagem é a única profissão que permanece 100% ao lado do paciente durante todo o atendimento. Em um dos seus relatos sobre a campanha ele diz: "Somos mais de 2 milhões de profissionais atuantes na Enfermagem no Brasil, e no mundo somos 23 milhões de profissionais. Apesar de sermos uma categoria tão grande e a única profissão que garante a assistência ao paciente 100% do tempo, ainda somos desvalorizados e desrespeitados. A Enfermagem está sempre presente na assistência, desde os primeiros instantes da vida até os últimos instantes dela".

O Enfermeiro ainda diz que existem várias campanhas de valorização pelo profissional de  enfermagem em todo o mundo e afirma que se não fosse essas campanhas e o esforço de várias entidades a enfermagem não teria se destacado como profissão essencial e fundamental na assistência. "A enfermagem tem muitos desafios, e que as campanhas de valorização sempre são bem vindas, pois o respeito, o valorização e o reconhecimento da profissão são objetivos em comum em todas essas campanhas", relata.

"Se fizermos uma pesquisa detalhada sobre a atuação da enfermagem dentro do ambiente hospitalar, iremos detectar que ela é o corpo motriz da assistência e que não dá pra se pensar em assistência em saúde sem a presença de um profissional de enfermagem, ou seja, é a enfermagem que primeiro tem contato com os prolemas e críticas dos pacientes e procura resolver", relata o Enfermeiro.

As instituições que lideram as campanhas de reconhecimento e de valorização da profissão, buscam melhorar os indicadores vitais de saúde e garantir ao paciente segurança no atendimento. Essas mesmas instituições reconhecem a necessidade de melhorar a qualificação dos profissionais e que as instituições empregatícias precisam se adequar às normas internacionais de segurança do profissional e de segurança do paciente. A busca pela excelência no atendimento ao paciente deve ser sempre incentivada, e que a instituição onde o profissional trabalha, precisa dá suporte para que essa excelência tenha realmente eficácia para o paciente e para o profissional.

Em países como Austrália, Canadá, Estados Unidos, Espanha, Inglaterra, Irlanda e Finlândia, os profissionais de enfermagem com uma formação universitária de quatro a cinco anos já assumem mais funções para atender às necessidades de saúde dos pacientes.

Estima-se que, na região das Américas, sejam necessários cerca de 800 mil profissionais de saúde a mais para atender às demandas atuais. A proporção de enfermeiras e enfermeiros por habitantes é desigual. Enquanto os Estados Unidos têm 111,4 profissionais de enfermagem para cada 10 mil habitantes, o Haiti possui 3,5. Na metade dos países das Américas, esse índice é menor ou igual a 10,4.

Nursing Now Mundial

A campanha global Nursing Now é fruto de uma parceria entre a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Conselho Internacional de Enfermagem. A estratégia visa melhorar a saúde das populações por meio do aprimoramento do perfil e do status da enfermagem em todo o mundo, capacitando enfermeiros para que ocupem seu lugar no centro dos desafios de saúde do século 21. A iniciativa defende que mais enfermeiras e enfermeiros assumam posições de liderança.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que até 2030, faltarão 9 milhões de enfermeiros, enfermeiras e parteiras no mercado para satisfazer as necessidades médicas do planeta até 2030. Com a Enfermagem Agora, um dos objetivos da OMS é suprir essa carência, estimulando a criação de programas de treinamento e empregabilidade. Para cada novo enfermeiro contratado, estima-se que haverá necessidade de contratar cerca de 5 a 7 técnico de enfermagem para compor a equipe.

As queixas dos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem

Os Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem constantemente relatam nas redes sociais os problemas que enfrentam sobre o trabalho. Essas queixas tem como objetivo, melhorar a qualidade de Assistência de Enfermagem aos pacientes e garantir, que essa assistência seja livre de negligência e imprudência. 

As principais queixas são: Péssimas condições de trabalho; Carga horária pesada; Salários baixos; Falta de reconhecimento da profissão.

Sucesso das campanhas

Para que as campanhas de valorização pela enfermagem tenham sucesso, é necessário que os profissionais de enfermagem e a população estejam envolvidos e convidando amigos e outros profissionais para também participarem.

TEMA DA CAMPANHA: A Enfermagem está sempre presente


Você pode comentar logo abaixo, deixe o seu relato.

Cursos Online: Quer melhorar o seu currículo e se destacar no mercado de trabalho? Então clique aqui e faça um curso online conosco



Deixe o seu comentário

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi