Sou Enfermagem

Wanda Aguiar Horta

Wanda Aguiar Horta

Wanda Cardoso de Aguiar nasceu em 11 de agosto no ano de 1926 em Belém do Pará, sua família tinha uma renda financeira em que pudesse dar as regalias necessárias para todos os membros, além de valores cívicos como honestidade, sinceridade, harmonia entre os irmãos e o respeito com a autoridade de seus pais.

Ela se casou em 17 de dezembro de 1953, com Luís Emilio Horta, em São Paulo tendo o sobrenome de seu esposo em sua assinatura se tornando Wanda Aguiar Horta, em 1942 além de começar a primeira serie do antigo ginásio em Ponta Grossa Paraná, além disso, fez um curso complementar pré médico na mesma instituição, já em Curitiba começou a fazer o curso de Enfermagem na USP em 1948.


Wanda foi uma notável professora do curso de enfermagem onde conseguiu introduzir os conceitos da enfermagem, antes dela os pacientes eram tratados apenas como um indivíduos, seus conceitos eram de que os pacientes eram seres humanos e que deveriam ser tratados com sentimento e emoção.


Para Wanda Aguiar Horta “Enfermagem é ciência e a arte de assistir o ser humano no atendimento de suas necessidades básicas, de torná-lo independente desta assistência através da educação; de recuperar, manter e promover sua saúde, contando para isso com a colaboração de outros grupos profissionais”. “Gente que cuida de gente.” (Aguiar. W. !926-1981)

Sua influência no ensino da enfermagem no Brasil é evidente. O estudo de sua obra faz parte dos currículos de todas as escolas de graduação em enfermagem do Brasil. Sua mensagem ultrapassou não só as fronteiras geográficas, sendo estudada também a nível internacional, como também venceu as barreiras do tempo permanecendo ainda viva e atual.


Decorridos seis anos de seu falecimento, seu trabalho ainda serve de marco referencial para inúmeras pesquisas em enfermagem. Wanda de Aguiar Horta buscou ao longo de sua trajetória criar e transmitir um conceito de enfermagem que englobasse os aspectos, muitas vezes conflitantes, de arte humanitária, ciência e profissão.
Não foi tarefa fácil, no seio de uma profissão fortemente marcada por estereótipos. Enfrentou uma série de resistências, o que só fez engrandecer
o seu trabalho.

Do ponto de vista histórico, o estudo de sua obra é estimulante. Deixou farta documentação de seu trabalho, inúmeras publicações em periódicos, muitos originais não publicados que utilizava como material didático e um livro onde procurou sintetizar seus estudos, o Processo de Enfermagem.


Sem dúvida Wanda de Aguiar Horta foi uma dessas personalidades que merecem a atenção dos historiadores. Essas personalidades, segundo BESSELAR, são aquelas que se insurgem contra as tendências niveladoras de toda comunidade humana, influenciando assim o processo histórico pelo seu valor intrínseco e pelas mudanças que produzem.




Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 02/07/2018

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi