Sou Enfermagem

Hipovitaminose A na Gestação

Hipovitaminose A na Gestação

Verifica-se a alta prevalência de hipovitaminose A, principalmente, na região Nordeste e em áreas específicas, como norte de Minas Gerais.

A vitamina A é nutriente que atua no sistema imunológico, auxiliando no combate às infecções, tais como diarréia e sarampo. Ajuda também no crescimento e desenvolvimento, além de ser muito importante para o bom funcionamento da visão.

A falta de vitamina A pode resultar em cegueira. Tem sido observado que durante o período de gestação pode haver redução das quantidades de vitamina A no organismo da mãe, especialmente nos últimos três meses de gravidez. Por outro lado, as reservas de vitamina A no organismo do feto são baixas, causando, assim, baixas quantidades de vitamina A no fígado do recém-nascido.

Desta forma, a suplementação de vitamina A para puérpera garante a adequação de suas reservas corporais e o aporte adequado de vitamina A no leite materno, garantindo menor risco de deficiência dessa vitamina entre as crianças amamentadas. Para combater esta carência nutricional, preconiza-se, em especial para estas regiões, a suplementação de megadose de vitamina A, ainda nas maternidades, para as mães, garantindo, assim, o aporte necessário dessa vitamina para a mãe e o recém-nascido por meio do leite materno.

Postado por: | Publicado em: 05/04/2015

Gostou? Deixe seu comentário.

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi