Sou Enfermagem

Esfíncter

Esfíncter Esfíncter é uma estrutura, geralmente um músculo de fibras circulares concêntricas dispostas em forma de anel, que controla o grau de amplitude de um determinado orifício.

O sistema digestivo humano tem três esfíncteres importantes: o esfíncter cárdico, o esfíncter anal e o esfíncter pilórico, que faz comunicação entre o estômago e o duodeno.

Existem pelo menos 42 esfíncteres no corpo humano, alguns dos quais em tamanho microscópico

  • esfíncter cárdico
  • esfíncter anal
  • esfíncter pilórico

esfíncter anal é um músculo localizado na parte terminal do aparelho digestivo. Ele permite a defecação. Existem dois esfíncteres no corpo: um interno cujo funcionamento é automático e que é constituído de fibras musculares chamadas de lisas e outro externo sob controle voluntário. O mecanismo de defecação funciona da seguinte maneira: quando há a presença de fezes na ampola retal, a sensação de necessidade é sentida e o esfíncter anal interno se relaxa. Imediatamente depois disso, o esfíncter anal externo se contrai por reflexo. O paciente pode continuar mantendo a contração até ir ao banheiro e a defecação começa quando a pessoa decide relaxar o esfíncter externo. 

Em caso de anomalia nos esfíncteres, esses mecanismos não funcionam de maneira adequada e pode haver perda involuntária de fezes - a denominada incontinência fecal ou retal. Este quadro é especialmente comum em pessoas idosas, que apresentam capacidade reduzida de manter a contração do esfíncter externo por muito tempo.

 

Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 14/03/2017

Gostou? Deixe seu comentário.

VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER UMA PESQUISA