Sou Enfermagem

Setembro Amarelo

Setembro Amarelo

Setembro Amarelo: vamos conversar?

A campanha Setembro Amarelo ocorre em todo território brasileiro com um único objetivo: a prevenção ao suicídio.

No Brasil o número de mortes por suicídio vem aumentando drasticamente e ainda sim o assunto segue silenciado e pouco discutido entre a população. De acordo com dados oficiais 32 brasileiros se matam por dia, dados que superam as vítimas de aids e da maioria dos tipos de câncer. O mais alarmante disso tudo e que esses suicídios vem a cada dia mais sendo praticados por jovens. Entre os adolescentes de 10 a 14 anos, o aumento chegou a 40%, de acordo com o último levantamento do Mapa da Violência.

 De acordo com um estudo da Unicamp, 17% das pessoas já pensaram seriamente em pôr fim à própria vida: 4,8% elaboraram algum tipo de plano para cometer suicídio e 2,8% tentaram executá-lo.

CONHEÇA OS SINAIS

*Publicações depressivas, falando em solidão, isolamento ou culpa;

*Aumento do uso do álcool ou drogas;

*Mudanças drásticas de peso ou dirigir perigosamente;

*Perguntas constantes sobre a morte e métodos letais de morrer;

*Perdas de pessoas queridas, divórcios, separações; etc.

Mas esses fatos, sozinhos, não bastam para explicar a morte. Não são os eventos dolorosos da vida que fazem alguém se suicidar. É o efeito domino sobre essas condições, frequentemente doente e fragilizada, que faz com que o fato tome a dimensão de tragédia inescapável. Tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem desse assunto por medo e até mesmo por desconhecimento desses sinais.

O QUE FAZER

*Mostrar que você se importa; que está preocupado com ela; que deseja ajuda-la e não deixar essa pessoa por muito tempo sozinha, são algumas atitudes que você pode ter em relação a pessoa que está com esses sinais de suicídios.

Pensando nisso, a assistente social Ariane Woehl e a psicóloga Debora Popadik estarão participando do 2 Congresso Brasileiro de Prevenção ao Suicídio promovido pela ABEPS [Associação Brasileira de Estudo e Prevenção de Suicídio] realizado em Vitória no Espirito Santo nos dias 29,30 e 31 de agosto e no dia 01 de setembro, pelo município de Mafra.

OUTROS EVENTOS

*04 de setembro, capacitação para os agentes comunitário de saúde (ACS)

*28 de setembro (5 Seminário Municipal ao Suicídio)

O evento que é destinado a médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais e a todos os profissionais que abrange a área da saúde, tem como objetivo identificar os comportamentos e sinais de alertas que esses indivíduos apresentam afim de prevenir que esses suicídios aconteçam.

O indivíduo pode procurar ajuda nas Unidades de Saúde mais próxima, no Centro de Atenção Psicossocial o CAPS ou no Centro de Valorização da Vida CVV ,o acesso pode ser feito pelo site: www.cvv.com.br ou pelo número 188.

Não é agradável falar sobre quem se matou ou tentou se matar. Ao mesmo tempo, discutir o assunto – e entender os fatores que levam a ele – são as únicas armas que temos contra o suicídio. .

O Setembro Amarelo conta com o apoio do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).




Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 30/08/2018

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi