Sou Enfermagem

Semana Integrada de Enfermagem do Paraná atingiram cerca de 3 mil profissionais

Autor: Sou Enfermagem Em: 31/05/2019

Semana Integrada de Enfermagem do Paraná atingiram cerca de 3 mil profissionais

Com a finalização da programação da Semana Integrada de Enfermagem do Paraná, que se estendeu por todo mês de maio, o Coren/PR comemora a realização de eventos que atingiram cerca de 3 mil profissionais de enfermagem. 

Os encontros foram realizados em parceria com a ABEn-PR e com diversos Serviços de Saúde do Estado.

“Neste ano, o Conselho recebeu convites para participar de encontros nas macrorregiões e juntamente com nossos fiscais, conselheiros e colaboradores pudemos abordar pontos importantes da profissão, como a restrição do EAD na formação da enfermagem, questões éticas do exercício profissional e o papel do RT, a dualidade do prazer e sofrimento na prática cotidiana, além de prestar contas da atual gestão”, explica a presidente do Coren/PR, Simone Peruzzo.

Pela primeira vez, o Coren/PR realizou uma plenária descentralizada, onde foi discutido o Ensino à Distância na formação da enfermagem. O evento, realizado no dia 9 de maio, na Unioeste, em Cascavel, reuniu conselheiros, profissionais da área, acadêmicos e interessados no tema, que puderam ouvir o relato da representante do Cofen, Rosali Isabel Barduchi Ohl, membro da Comissão MEC-Cofen e professora da Escola Paulista de Enfermagem da Unifesp.

Rosali trouxe números atualizados da enfermagem no Brasil e no Paraná e a realidade da oferta de cursos de graduação presenciais e a distância, tanto públicos quanto privados. Ela fez questão de ressaltar que o sistema Cofen/Coren não é contra a ferramenta EAD como estratégia didática, mas que essa ferramenta não é adequada para a formação da Enfermagem.

“O cuidado de enfermagem é essencialmente relacional e isso não se aprende por meio de um computador. Os polos das escolas EAD não garantem a qualidade exigida ao atendimento da saúde da população e não atendem às condições legais da graduação da área”, reforçou a enfermeira e professora.

RTs – Também foram realizados encontros com os Responsáveis Técnicos nas quatro macrorregiões, Londrina, Maringá, Cascavel e Curitiba. “Foram momentos de aproximação do Conselho com os RTs para prestar contas, bem como elucidar dúvidas, falar sobre a necessidade de implantação das comissões de ética em serviços com mais de 50 profissionais de enfermagem, legislação e responsabilidades dos profissionais. Queremos repetir esses encontros com mais frequência e estamos fazendo a programação para divulgar à categoria e garantir maior participação nas reuniões”, ressalta Simone.

Cursos Online: Quer melhorar o seu currículo e se destacar no mercado de trabalho? Então clique aqui e faça um curso online conosco



Deixe o seu comentário

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi