Sou Enfermagem

  • As minhocas são utilizadas como remédio (7) (1).jpg
  • As minhocas são utilizadas como remédio (8) (1).jpg



Autor: Sou Enfermagem | Publicado em: 02/10/2018

Erro genético faz bebê nascer com aparência de velho em Bangladesh

Um menino que parece um homem de 80 anos de idade, na verdade, tem uma condição rara que faz com que ele envelheça rapidamente. 

Nascido em Magura, Bangladesh, ele tem rugas, olhos vazios, um corpo encolhido e uma espessa camada de cabelo nas costas.

Os médicos locais ficaram atordoados quanto à causa de seu envelhecimento - mas eles acreditam que ele tem progeria.

A condição - que afeta apenas um em quatro milhões - geralmente restringe as crianças de terem uma vida normal e faz com que o corpo envelheça mais rápido do que deveria.

Sua família permanece positiva de que ele irá crescer de forma saudável, apesar da maioria das crianças com a condição de não ter mais de 13 anos de idade.

A progeria é uma condição genética rara que faz com que o corpo de uma criança envelheça mais rápido do que deveria.

É causada por um único erro em um determinado gene, o que faz com que ele produza uma proteína anormal. Quando as células usam essa proteína, chamada progerina, elas se quebram mais facilmente.

Biswajit Patro, o pai do bebê disse: “Só podemos agradecer a Deus. Não há necessidade de estar descontente com a aparência do meu filho. Nós vamos aceitá-lo do jeito que ele é. Estamos muito felizes em ter um menino em casa.

Biswajit e sua esposa, Parul, receberam pessoas curiosas em sua casa apenas para dar uma olhada no filho deles.

“Parentes, vizinhos e até pessoas das aldeias vizinhas vieram ver nosso filho. Nós já somos abençoados por ter uma filha. Agora somos uma família de quatro pessoas. O que mais podemos pedir ”, disse Bijwajit:

Os médicos garantiram à família que o bebê vai se sair bem por enquanto. Mas eles estavam incertos sobre quais medidas podem ser tomadas para tratar o bebê e ajudá-lo com a condição à medida que ele cresce.

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi