Sou Enfermagem

Cruz Vermelha desvia R$ 1,8 milhão de doações para ONG de mãe de dirigente

Cruz Vermelha desvia R$ 1,8 milhão de doações para ONG de mãe de dirigente

A Cruz Vermelha Brasileira, teria desviado doações no valor de R$ 1,8 milhão para uma ONG que pertence à mãe do vice-presidente da instituição no Brasil.

O fato foi revelado por uma auditoria encomendada pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha.



A investigação apontou que houve desvio nas doações que seriam usadas para socorrer vítimas de conflitos na Somália (2011), do tsunami no Japão (2011) e das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro (2011). 

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o valor foi encaminhado para a ONG da mãe de Anderson Marcelo Coutinho. Outros R$ 523 mil foram parar em alguns fundos de aplicação e, em seguida, teve destino não identificado. 

O Instituto Humanus fica localizado em São Luís, no Maranhão, e está registrado em nome de Alzira Quirino da Silva, mãe de Coutinho. A entidade não comprovou que o valor tenha sido utilizado para prestar os serviços devidos. Em 2012, a Humanus recebeu cerca de R$ 100 mil da filial no Rio Grande do Sul. O dinheiro deveria ser utilizado para ajudar a um hospital em Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

De acordo com o estatuto da Cruz Vermelha, cada filial tem a autonomia para gerenciar o seu funcionamento, enquanto o órgão central é controlado pela federação internacional, embora todas compartilhem a mesma marca internacional.

 



Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 14/03/2017

Gostou? Deixe seu comentário.

VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER UMA PESQUISA