Sou Enfermagem

Criança que aguardou 5 dias por UTI  morre em SP

Criança que aguardou 5 dias por UTI morre em SP

Morreu no Hospital do Câncer de Barretos, no interior de São Paulo, Irenildo da Silva Xavier, de seis anos, que ficou cinco dias internado de maneira improvisada nos hospitais de Rondonópolis, aguardando por uma vaga de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Depois de quase uma semana, ele foi transferido para São Paulo por determinação da Justiça. O paciente teve morte cerebral nesta terça-feira (7).

Os médicos diagnosticaram um tumor na cabeça do menino. Agora, a família espera a ajuda para transladar o corpo de Irenildo para Rondonópolis, já que não tem condições financeiras para custear o transporte.

O pai e a mãe de Irenildo da Silva Xavier ficaram na frente dos hospitais de Rondonópolis, esperando por um leito na UTI pediátrica. Ele foi foi internado no Hospital Regional depois de uma série de convulsões. Conforme Ronaldo Xavier, pai da criança, como nenhuma unidade hospitalar da cidade possui UTI pediátrica, Irenildo foi levado para a sala de estabilização da Santa Casa. E para evitar novas crises, ficou o tempo todo sedado. Respirava com a ajuda de aparelhos e se alimentava por meio de uma sonda.

Os pais buscaram ajuda na Defensoria Pública que conseguiu uma liminar para que a criança fosse transferida para um hospital que tivesse estrutura necessária para atender o paceinte. A determinação judicial não foi cumprida imediatamente e o desespero da família só aumentava. Somente dois dias após a liminar ser expedida que o garoto foi transferido para o Hospital Infantil de Barretos, no interior de São Paulo.

Segundo a família, o menino chegou ao Hospital Infantil de Barretos sem sinais vitais. Sobre os novos leitos de UTI no Hospital Regional de Rondonópolis, a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde informou que o cronograma da obra está sendo seguido e que a construção deve começar neste mês.

Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 14/03/2017

Gostou? Deixe seu comentário.

Propaganda