Sou Enfermagem

China diz que mulher morreu após novo vírus de gripe aviária

China diz que mulher morreu após novo vírus de gripe aviária

Autoridades de saúde chinesas afirmaram nesta quarta-feira que uma mulher morreu depois de ser infectada com uma cepa de gripe aviária que ainda não havia sido registrada em pessoas, de acordo com informações da agência AP.

 

O Departamento de Saúde da província de Jiangxi, no leste do país, disse que o centro nacional de doenças chinês confirmou a morte da paciente, 73 anos, no dia 6 deste mês, após infecção pelo vírus H10N8.

 

O órgão afirmou que a mulher foi admitida no hospital no dia 30 de novembro com sintomas de várias doenças, como forte pneumonia, problemas cardíacos e pressão alta, além de outros fatores que diminuíram a sua imunidade.

 

Seu histórico médico mostrou que ela tinha sido exposta a aves domésticas. O Departamento de Saúde, no entanto, informou que especialistas acreditam se tratar de um caso isolado, e é pequeno o risco do vírus se espalhar e infectar mais pessoas pelo país.

 

As pessoas que estiveram em contato com a paciente não apresentam problemas de saúde, de acordo com as autoridades.

 

O temor dos cientistas é que uma das cepas da gripe aviária sofra uma mutação e possibilite a contaminação entre pessoas, o que provocaria uma pandemia. A cepa H7N9 da gripe aviária infectou pelo menos 139 pessoas na China e provocou 45 mortes, mas o número de vítimas caiu significativamente desde junho.

 

Com informações da CNN e AFP


Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 14/03/2017

Gostou? Deixe seu comentário.

VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER UMA PESQUISA