Sou Enfermagem

12 de abril Dia do Enfermeiro Obstetra

12 de abril Dia do Enfermeiro Obstetra

12 de Abril – Dia do Enfermeiro ObstetraO Enfermeiro Obstetra ou a Obstetriz é ator importante na atenção ao parto e nascimento, sendo reconhecida assim pelas organizações internacionais, porque com seu atendimento são menos frequentes as intervenções, o uso de analgesia e o parto operatório, além de maior satisfação das mulheres com o cuidado recebido.

A atuação desse profissional qualifica o cuidado no parto de baixo risco, com o uso de tecnologias leves e relacionais, o que permite às mulheres resgatar a competência própria de parir. O resultado é um parto com respeito à sua fisiologia e aspectos sociais que o envolvem. Resguardando o espaço da mulher, do bebê e sua família.

A atuação do profissional num trabalho colaborativo com o médico obstetra valoriza e qualifica a atenção obstétrica como um todo. Ficando a enfermeira a cargo dos partos de baixo risco, os médicos poderão se ocupar daquilo que estão mais bem preparados para fazer, que é acompanhar as mulheres com maior risco de dano à sua saúde ou à saúde de seu filho.

Esse modelo de atendimento ao parto, com a inserção do enfermeiro obstetra ou obstetriz, é consenso entre especialistas de todo o mundo. Pesquisadores defendem a inclusão desses profissionais como estratégia para redução da epidemia de cesarianas, que chegam a 88% nos hospitais privados brasileiros.

A justificativa é que as enfermeiras obstetras estão comprometidas com as boas práticas obstétricas para o alívio da dor, como o estímulo à movimentação, liberdade para se alimentar e posição verticalizada na hora de parir, tornando o parto mais confortável, aumentando as chances de partos espontâneos e diminuindo a necessidade de intervenções desnecessárias.

RESOLUÇÃO COFEN Nº 0516/2016
Normatiza a atuação e a responsabilidade do Enfermeiro, Enfermeiro Obstetra e Obstetriz na assistência às gestantes, parturientes, puérperas e recém-nascidos nos Serviços de Obstetrícia, Centros de Parto Normal e/ou Casas de Parto e outros locais onde ocorra essa assistência; estabelece critérios para registro de títulos de Enfermeiro Obstetra e Obstetriz no âmbito do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem, e dá outras providências.

Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 02/05/2017

Gostou? Deixe seu comentário.

VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER UMA PESQUISA