Sou Enfermagem

Enfermagem no Centro Cirúrgico

Enfermagem no Centro Cirúrgico

História da cirurgia, especialidade a partir do século XIX e  evoluiu a partir de 1846 com a descoberta da anestesia. Anteriormente, somente as amputações eram realizadas.

 

Início século XX: instrumentais precários e inadequados dificultando o desenvolvimento dos procedimentos cirúrgicos.

O avanço tecnológico requer do homem cada vez mais capacitação e habilidade.

Brunner e suddarth definem Centro cirúrgico Como uma das unidades mais complexas do hospital, não só pela sua especifidade, mas também por ser um local fechado que expõe o paciente a situações estressantes.

Complexidade do cc: relação da equipe com aspectos tais como – recursos materiais, competência técnica, relacionamento, interação com o paciente e família.

Enfermagem, incialmente:

  • limpeza da sala e equipamentos
  • coleta de materiais do paciente
  • 1900, introdução na grade curricular
  • 1956 criação associação norte-americana de enfª – Association of Operating Room Nurses

 

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO BLOCO OPERATÓRIO

Planejamento Físico:

.Bloco Operatório: Conjunto de áreas, equipamentos e instalações que permitam a realização de cirurgias nas melhores condições de segurança e conforto para os pacientes.

 

.Aspectos a serem observados:

-Dimensões ideais( para o bom funcionamento das salas e dependências);

-Estabelecimento correto de fluxos de pacientes, pessoal e material;

-Provimento adequado de pessoal em função do volume de atividades executadas;

-Instalações elétricas, hidráulicas e medicinais (gases) dentro das normas de segurança.

O Bloco Operatório se divide em 03 áreas:

1-Área Não Restrita ou Irrestrita: Área próxima a entrada e com trânsito Controlado, abrangendo vestiários.

2-Área Semi Restrita: Área intermediaria entre a não restrita e restrita, obrigatório o uso de uniforme privativo, abrangendo: Corredores, sala de recuperação, sala de estocagem de material, etc. 

3-Área Restrita: Área de trânsito privativo,onde é exigido o máximo de rigor de assepsia abrangendo: salas cirúrgicas e/ou obstétricas,lavabos.

.Localização:Deve ser independente da circulação geral, com a circulação interna bloqueada a todo trafego estranho ao serviço, porem com fácil acesso aos departamentos que dele necessitam.

O Bloco Operatório é composto de:

1-Centro Cirúrgico

2-Sala de Recuperação

3-Centro Obstétrico 

Postado por: Sou Enfermagem | Publicado em: 14/03/2017

Gostou? Deixe seu comentário.

VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER UMA PESQUISA