Sou Enfermagem

Gastrite

Gastrite

É a inflamação do revestimento mucoso do estômago.A mucosa do estômago oferece resistência à irritação e normalmente pode suportar um elevado conteúdo ácido. No entanto, pode irritar-se e inflamar-se por diferentes motivos.

Etiologia:

Hábitos dietéticos, como: Ingestão de quantidade excessiva de alimentos; Rápida mastigação; Ingestão de alimentos condimentados, ácidos, corrosivos, contaminados, com temperatura extrema, álcool, etc.;

Refluxo biliar:

Uso de certas drogas como a aspirina, drogas antiinflamatórias não-esteróides (DAINE), digital, quimio-terápicos, etc.

Distúrbios como: uremia, choque, lesões do SNC, cirrose hepática, hipertensão hepática, tensão emocio-nal prolongada, etc.

TIPOS:

Gastrite bacteriana segue-se normalmente a uma infecção por organismos como o Helicobacter pylori (bactérias que crescem nas células secretoras de muco do revestimento do estômago). Não se conhecem ou-tras bactérias que se desenvolvam em ambientes normalmente ácidos como o do estômago, embora muitos tipos possam fazê-lo no caso de o estômago não produzir ácido. Tal crescimento bacteriano pode provocar gastrite de forma transitória ou persistente.

Gastrite aguda por stress, o tipo mais grave de gastrite, é provocada por uma doença ou lesão grave de aparecimento rápido. A lesão pode não afetar o estômago. Por exemplo, são causas freqüentes as queimadu-ras extensas e as lesões que provocam hemorragias maciças.

Gastrite erosiva crônica pode ser secundária a substâncias irritantes como os medicamentos.

Gastrite viral ou por fungos pode desenvolver-se em doentes crônicos ou imunodeprimidos.

Gastrite eosinófila pode resultar duma reação alérgica a uma infestação por certos vermes (nemátodos). Gastrite atrófica ocorre quando os anticorpos atacam o revestimento mucoso do estômago, provocando o seu adelgaçamento e perda de muitas ou de todas as células produtoras de ácido e de enzimas.

Doença de Ménétrier é um tipo de gastrite de causa desconhecida. Nesta, as paredes do estômago desen-volvem pregas grandes e grossas, glândulas volumosas e quistos cheios de líquido. Cerca de 10 % dos afeta-dos desenvolvem cancro do estômago.

Gastrite de células plasmáticas é outra forma de gastrite de origem desconhecida. Nesta doença, as célu-las plasmáticas (um tipo de glóbulos brancos) acumulam-se nas paredes do estômago e noutros órgãos.

A gastrite também pode ser induzida pela ingestão de agentes corrosivos, como os produtos de lim-peza, ou pelos elevados níveis de radiação (por exemplo, na radioterapia).

Sintomas

Os sintomas variam conforme o tipo de gastrite.

 Desconforto epigástrico

 Hipersensibilidade abdominal

 Eructação, náuseas e vômitos

 Cólicas, diarréia 5 horas após a ingestão de substâncias ou alimentos contaminados

 Hematêmese, às vezes.

Diagnóstico:

O médico suspeita duma gastrite quando o paciente tem dores na parte alta do abdome, bem como náuseas ou ardor. Se os sintomas persistirem, muitas vezes não são necessárias análises e começa-se o tra-tamento em função da causa mais provável.

Se a gastrite se mantiver ou reaparecer, deve-se procurar a causa, por exemplo, uma infecção, analisa os hábitos dietéticos, o consumo de medicamentos e a ingestão de álcool. A gastrite bacteriana pode ser di-agnosticada com uma biopsia.

Tratamento:

 Farmacológico: anti-eméticos; antiácidos, etc.

 Regime dietético

Muitos especialistas tratam uma infecção por Helicobacter pylori se provocar sintomas. Por vezes, pode ser difícil eliminar o Helicobacter pylori do estômago.

Cuidados de enfermagem

proporcionar conforto e segurança, um ambiente repousante, calmo e tranqüilo;

- manter uma ventilação adequada no ambiente;

- dar apoio psicológico, ouvir com atenção e anotar as queixas do paciente;

- orientar as visitas e familiares para evitar conversas que pertubem o paciente;

diminuir a atividade motora do estômago oferecendo uma dieta branda e várias vezes ao dia;

- higiene oral 3 vezes ao dia com uma solução anti-séptica;

- verificar e anotar os SSVV 4/4 horas;

- administra a medicação prescrita com controle rigoroso do horário.

Postado por: | Publicado em: 05/04/2015

Gostou? Deixe seu comentário.

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi