Sou Enfermagem

Alimentação da criança até completar 2 anos de idade: orientações importantes

Autor: Sou Enfermagem Em: 23/06/2019

Alimentação da criança até completar 2 anos de idade: orientações importantes

A alimentação da criança desde o nascimento e nos primeiros anos de vida tem repercussões ao longo de toda a vida do indivíduo. 

A adequação nutricional dos alimentos oferecidos para as crianças após o sexto mês de vida é fundamental para a prevenção de anemia, deficiência de vitamina A, sobrepeso e baixo peso. Nesse contexto, atingir a alimentação ótima para as crianças pequenas deve ser um componente essencial da tragédia global para assegurar a segurança alimentar e nutricional de uma pulação.

Embora seja atribuição dos profissionais de saúde a sua promoção e da família a sua execução, o sucesso final da ação depende também da definição de políticas governamentais adequadas e da participação e apoio de toda a sociedade civil. O quadro a seguir mostra as principais orientações e condutas que devem ser preconizadas de acordo com a idade da criança.

Até completar 6 meses de vida

Orientar, apoiar, promover e proteger as mães para o aleitamento materno exclusivo até que a criança complete 6 meses de vida. Desestimular a oferta de chás, água ou qualquer outro alimento nesse período.

Após completar 6 meses de vida

Orientar a introdução dos alimentos complementares. Orientar a introdução da água. Estimular a manutenção do aleitamento materno até dois anos de idade ou mais.

Orientar o consumo de alimentos que são ricos em Vitamina A e Ferro. Desestimular a oferta de alimentos com açúcar, ou a adição de açúcar, doces, chocolates, refrigerantes, frituras, salgadinhos e outras guloseimas.

Fazer a orientação para uso de suplemento de ferro, em doses preventivas, para a prevenção da anemia.

Em regiões e municípios cobertos pelo Programa Nacional de

Suplementação de Vitamina A, fornecer a mega dose para as crianças a cada 6 meses. Orientar práticas de higiene no preparo da alimentação complementar.

A partir de 9 meses de vida

Orientar que a partir dos oito meses de vida a criança já pode receber a comida preparada para a família, desde que sem excesso de óleo, sal e condimentos; Estimular a prática do aleitamento materno até dois anos de idade ou mais; Orientar o consumo de alimentos que são ricos em Vitamina A e Ferro.

Desestimular a oferta de alimentos com açúcar, ou a adição de açúcar, doces, chocolates, refrigerantes, frituras, salgadinhos e outras guloseimas. Verificar se a criança está recebendo o suplemento de ferro.

Em regiões e municípios cobertos pelo Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, verificar se a criança recebeu a mega dose depois de completar 6 meses.

Dos 12 aos 24 meses de vida 

Estimular a prática do aleitamento materno até dois anos de idade ou mais. Verificar se a criança está recebendo o suplemento de ferro.

Em regiões e municípios cobertos pelo Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, verificar a data da última dosagem. Se houve intervalo de seis meses ou mais, fornecer a mega dose.

Cursos Online: Quer melhorar o seu currículo e se destacar no mercado de trabalho? Então clique aqui e faça um curso online conosco



Deixe o seu comentário

Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi